Back

A forte subida dos preços do petróleo e de importação resulta num aumento da Cláusula de Ajustamento da Tarifa no 2º. trimestre; a CEM vai subsidiar 100 milhões de patacas durante o 1º. semestre

Macau, 27 de Abril de 2012

Ao longo dos anos, a CEM tem procurado manter a estabilidade das tarifas de electricidade para a população de Macau. Com o apoio do governo da RAE de Macau, a Cláusula de Ajustamento da Tarifa (TCA, na sigla inglesa) para o Grupo Tarifário A, tem sido reduzida consecutivamente de há 3 anos e meio para cá, sendo inferior ao valor contratual calculado, não obstante o aumento significativo dos preços da energia primária. Manteve-se uma tarifa reduzida para 99% dos clientes, sobretudo clientes residenciais e pequenas e médias empresas (PME), o que reflecte indubitavelmente o compromisso da CEM para com a sociedade de Macau.

No entanto, os preços da energia primária continuaram a aumentar em 2011/2012. O crescente custo da importação de energia eléctrica, a contínua falta de fornecimento de gás natural e o disparo dos preços do petróleo criaram uma grande pressão no funcionamento da CEM e nas tarifas de electricidade. Por exemplo, o preço de compra do fuelóleo utilizado para a produção de energia aumentou 42% e os preços de importação subiram 9,5% nos últimos 12 meses.

Segundo os cálculos definidos no contrato de concessão, a TCA do 2º. trimestre será de 49 cêntimos por kWh. Considerando o impacto de uma subida da TCA para os clientes residenciais e PME’s, a CEM decidiu subsidiar em 13 cêntimos (27%) a TCA para o Grupo Tarifário A, ou seja, reduzir a TCA de 49 cêntimos para 36 cêntimos por kWh. O que significa que a CEM vai subsidiar cerca de 100 milhões de patacas durante o 1º. semestre de 2012.

Por outro lado, a TCA dos Grupos Tarifários B, C e D, de acordo com o valor contractual calculado, estabelecem-se nos 49 cêntimos por kWh.

O aumento dos preços da energia primária coloca grande pressão nas tarifas de electricidade por todo o mundo, e as regiões vizinhas não fogem à regra, tal como Singapura, Taiwan e Hong Kong. A tarifa de electricidade em Macau mantém-se competitiva. Os preços em Singapura são superiores aos nossos em 61%, Tóquio em 104% e Seul chega aos 170% mais do que nós.

A CEM continua empenhada em fornecer uma energia fiável a preços razoáveis, e assume também responsabilidades alargadas de cuidar dos mais desfavorecidos na comunidade.

Previous
Next
Baixe o APP CEM
google pay app store
© 2022 Companhia de Electricidade de Macau – CEM, S.A. Todos os direitos reservados.
Termos de Utilização do Website da CEM | Declaração de Recolha de Dados Pessoais