Back

CEM realizou Cerimónia de Energização da 3.ª Interligação Guangdong-Macau de 220kV e Subestação Pac On

Macau, 25 de Novembro de 2022

A Companhia de Electricidade de Macau - CEM, S.A. (CEM) e a China Southern Power Grid (CSG) realizaram hoje a “Cerimónia de Energização da 3.ª Interligação Guangdong-Macau de 220kV (3.ª interligação) e Subestação Pac On" na Subestação Pac On, em Macau. A energização da 3.ª interligação irá melhorar ainda mais a estabilidade do consumo de energia eléctrica em Macau e dará garantia de energia para o desenvolvimento diversificado da economia de Macau.

De entre os convidados de honra presentes na cerimónia de energização estavam Tam Vai Man, representante do Secretário para os Transportes e Obras Públicas da RAEM e Director da Direcção dos Serviços de Protecção Ambiental (DSPA); Huang Shengbiao, Vice-Director do Departamento para os Assuntos Económicos do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM; Fu Aimin, Chefe de Gabinete do Comissariado do Ministério dos Negócios Estrangeiros da China na RAEM; Lao Ngai Leong, representante de Macau à Assembleia Popular Nacional; Fu Jianguo, Presidente do Conselho de Administração da CEM; Chen Shengran; Director Geral da China Southern Power Grid International Co., Ltd.; Vong Kok Seng, Presidente da Comissão de Ligação CEM-Clientes; Bernie Leong, Presidente da Comissão Executiva da CEM; e Shi Yulin, Director Executivo da Comissão Executiva da CEM. Entretanto, Zhang Hu, Vice-Governador Executivo da Província de Guangdong; Ren Jingdong, Vice-Director da Administração Nacional de Energia; e Meng Zhenping, Presidente do Conselho de Administração da CSG também participaram na cerimónia via vídeo.

A 3.ª interligação é um projecto chave no âmbito do Acordo Quadro de Cooperação entre Guangdong e Macau, e também uma importante infra-estrutura de ligação da Zona da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. O projecto é composto pela Subestação Pac On de 220kV em Macau, a Subestação Yandun de 220kV em Zhuhai e a linha de cabos de cerca de 10,3 km entre as duas subestações, num investimento total de cerca de MOP1,4 mil milhões. A CEM é responsável pela construção da Subestação Pac On e da linha de cabos de 4,5 km do lado de Macau, enquanto a CSG é responsável pela construção da Subestação Yandun e da linha de cabos de 5,8 km do lado de Zhuhai. 

O projecto foi lançado em 2018 e construído com métodos como "cravação de tubos submarinos de ultra-longa distância", superando as dificuldades de instalar cabos de alta tensão ultralongos e ultrapesados e passando com sucesso por três hidrovias, incluindo a hidrovia nacional de classe 1, Hidrovia Maliuzhou, para chegar a Macau. A 3.ª interligação entrou em operação experimental a 6 de Agosto deste ano, após o comissionamento, a CSG poderá fornecer energia através de três interligações a norte, centro e sul de Macau e aumentar a sua capacidade de transporte de energia para 1,7 milhões de kW. Actualmente, as interligações Guangdong-Macau estão ligadas através de 8 circuitos de linhas principais de fornecimento de energia de 220kV e 4 circuitos de linhas de backup de 110kV, atendendo basicamente ao pico de procura de Macau projectado para o 14.º Plano Quinquenal e aos requisitos de fornecimento de energia “N-1” do Governo da RAE de Macau sobre a fiabilidade do fornecimento de energia.

A Subestação Pac On, que foi energizada ao mesmo tempo, é actualmente a subestação com maior especificação em Macau. Adopta o modo de conexão ‘one-and-half breaker’, o que aumenta significativamente a fiabilidade do fornecimento de energia e a flexibilidade de operação e despacho. Durante o processo de construção, a CEM empenhou-se bastante em todo o processo, desde o planeamento do projecto, aprovação do terreno, comparação e concepção do esquema até à aceitação da construção; superando vários obstáculos causados pela pandemia, o próprio local, período de construção, etc., e concluiu a icónica instalação de energia em Macau.

Fu Jianguo, Presidente do Conselho de Administração da CEM disse no seu discurso que 2022 marca o 50.º aniversário da criação da CEM. Com raízes em Macau, a CEM tem vindo a prestar serviços de fornecimento de energia há meio século. A CEM agradece ao Governo da RAE de Macau, accionistas, clientes e todos os sectores da sociedade pela confiança e apoio, bem como pela cooperação e dedicação dos parceiros da indústria e construtores de projectos. Graças à orientação do Governo da RAE de Macau, a CEM, uma empresa com 50 anos ainda no auge, irá aderir à estratégia de desenvolvimento de baixo carbono, integrar-se activamente na Zona da Grande Baía e continuar a injetar ímpeto para ajudar Macau a tornar-se uma cidade inteligente e verde adequada para viver, trabalhar e fazer turismo.

Meng Zhenping, Presidente do Conselho de Administração da CSG, disse que a CSG e a CEM promovem conjuntamente a conectividade, asseguram o funcionamento estável da rede eléctrica e promovem o desenvolvimento verde, trabalham em conjunto para promover a transformação de energia limpa e com baixo teor de carbono e o transporte de energia limpa do exterior para a Zona da Grande Baía (GBA, na sigla inglesa). A rede eléctrica da GBA tornou-se numa rede eléctrica de nível mundial com a maior proporção de consumo de energia limpa. No futuro, os dois lados aprofundarão os intercâmbios e a cooperação com um coração mais próximo e sentimentos mais profundos.

Ren Jingdong, Vice-Director da Administração Nacional de Energia, destacou que Macau, enquanto cidade chave da GBA, sempre esteve intimamente ligada ao continente, complementando as suas vantagens e desenvolvendo-se em conjunto. O aprofundamento da cooperação energética entre Macau e o continente promoverá fortemente Macau para atingir a meta de pico de carbono até 2030 ou antes.

Zhang Hu, Vice-Governador Executivo da Província de Guangdong, felicitou também a energização da 3.ª interligação e da Subestação Pac On, afirmando tratar-se de um grande e feliz evento para o aprofundamento da cooperação entre Guangdong e Macau, que irá promover fortemente o desenvolvimento da cooperação de alta qualidade entre Guangdong e Macau. A Província de Guangdong aproveitará esta oportunidade para aprofundar ainda mais a cooperação entre Guangdong e Macau em energia, ciência, tecnologia, finanças, subsistência social e outras áreas.

Em nome do Governo da RAE de Macau, Tam Vai Man, Representante do Secretário para os Transportes e Obras Públicas da RAE de Macau e Director da DSPA, agradeceu à CSG pelo seu apoio e cooperação no fornecimento de energia a Macau, bem como os esforços e contribuições da CEM para assegurar o abastecimento de energia em Macau. A conclusão da 3.ª interligação é um novo marco na história da cooperação energética Guangdong-Macau. Acredita-se que haverá mais cooperação e trocas entre Guangdong e Macau no domínio da energia, dando maiores contributos para a prosperidade e estabilidade social e económica da RAE de Macau.

A rede de fornecimento de energia entre Guangdong e Macau foi estabelecida pela primeira vez em 1984. Nessa altura, a CEM investiu na Central Eléctrica de Shaoguan em Guangdong para transportar energia eléctrica para Macau através de uma linha de transporte de 110kV. A rede eléctrica Guangdong-Macau apoiava-se mutuamente e servia conjuntamente o Delta do Rio das Pérolas, inaugurando a história da interligação Guangdong-Macau. Posteriormente, a cooperação energética entre as duas regiões tornou-se mais frequente à medida que a escala de transporte da rede eléctrica aumentava. As 1.ª e 2.ª interligações foram construídas em 2008 e 2012, e a Subestação Canal dos Patos e a Subestação Lótus foram colocadas em operação uma após a outra. No final de 2021, a rede eléctrica de Guangdong-Macau estava ligada por linhas de fornecimento principais de circuitos sêxtuplos de 220kV e quatro circuitos de linhas de backup de 110kV, e a capacidade máxima de fornecimento de energia era de 1,1 milhões de kW.

Em 2021, a fiabilidade do fornecimento de energia com base na responsabilidade da CEM voltou a atingir o nível máximo mundial de 99,9999%, enquanto a satisfação global no Inquérito de Satisfação do Cliente foi de 89,5%, atingindo novamente o máximo dos últimos 10 anos. 

Next
Faça download à App da CEM
google pay app store
© 2022 Companhia de Electricidade de Macau – CEM, S.A. Todos os direitos reservados.
Termos de Utilização do Website da CEM | Declaração de Recolha de Dados Pessoais