Back

A CEM e a Universidade de Macau Assinam Acordo de Cooperação Estratégica para Promover o Desenvolvimento de Cidade Inteligente

Macau, 9 de Junho de 2020

A Universidade de Macau (UM) e a CEM assinaram o “Acordo de Cooperação Estratégica” e o “Contrato de Pesquisa sobre a Aplicação de Iluminação Pública Inteligente em Macau” na UM em 9 de Junho. Ambas as partes comprometem-se em vincular-se ao plano e requisitos do Governo da RAE de Macau para transformar Macau numa cidade inteligente, sob um relacionamento de cooperação estável e de longo prazo. A UM e a CEM aproveitarão as suas respectivas vantagens para realizar pesquisas prospectivas e conjuntas em assuntos como a aplicação e desenvolvimento de veículos eléctricos (VE) em Macau; mineração, análise e aplicação de dados em grande escala relacionados com electricidade; estratégia de monitorização, notificação e optimização da rede em face de desastres naturais urbanos. Além disso, será estabelecido um mecanismo de comunicação bilateral regular para fortalecer a cooperação no cultivo de talentos em relação à cidade inteligente, Internet das Coisas, energia inteligente e dados em grande escala, por forma a impulsionar o desenvolvimento das respectivas tecnologias na Zona da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau (GBA, na sigla inglesa). A CEM irá também contratar a UMTEC Limited – uma subsidiária com participação total da UM, para analizar as tecnologias, operações, regulamentação e eficácia da aplicação de iluminação pública inteligente em Macau. Os resultados da análise, em conjunto com as experiências adquiridas dos respectivos projectos-piloto, serão usados como base para compilar um relatório de pesquisa que forneça orientações para práticas futuras.

A cerimónia de assinatura do “Acordo de Cooperação Estratégica” foi presidida pelo Professor Yonghua Song, Reitor da UM e por Bernie Leong, Presidente da Comissão Executiva da CEM, na presença de Horry Hui, Director do Gabinete para o Desenvolvimento do Sector Energético do Governo da RAE de Macau, Professor Wei Ge, Presidente do Conselho de Administração da UMTEC Limited e Vice-Reitor da UM, Professor Zhixin Yang, Director do Gabinete de Serviços de Pesquisa e Transferência de Conhecimento da UM, Professora Shaodan Ma, Directora Assistente do Laboratório Nacional de Internet das Coisas para Cidade Inteligente da UM, Shi Yulin, Director Executivo da CEM e Benjamin Yue, Assessor Principal da Comissão Executiva da CEM. O “Contrato de Pesquisa sobre a Aplicação de Iluminação Pública Inteligente em Macau”, foi assinado pelo Professor Wei Ge, Presidente do Conselho de Administração da UMTEC Limited e Vice-Reitor da UM e por Shi Yulin, Director Executivo da CEM, na presença do Professor Kam Weng Tam, Director Associado da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UM, Professor Bing Shui, Director Associado do Instituto de Estudos Avançados em Humanidades e Ciências Sociais da UM, Professora Ningyi Dai, Professora Associada do Laboratório Nacional de Internet das Coisas para Cidade Inteligente da UM e Directora Assistente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UM, Jane Leong, Directora da Direcção de Transporte e Distribuição (Desenvolvimento de Negócio) da CEM, Simon Young, Director da Direcção de Transporte e Distribuição (Gestão da Rede Eléctrica) da CEM e Alice Fong, Directora da Direcção Financeira da CEM.

Com o apoio do Governo da RAE de Macau e do Fundo de Desenvolvimento de Ciências e Tecnologia, a UM foi aprovada pelo Governo Central para estabelecer o Laboratório Nacional de Internet das Coisas para Cidade Inteligente em 2018. Com o objectivo de resolver os principais problemas científicos e tecnológicos em relação à Internet das Coisas para cidade inteligente, o Laboratório tem como meta apresentar teorias, algoritmos e sistemas fundamentais e gerais e explorar as aplicações demonstrativas de uma cidade inteligente. O Laboratório possui uma forte equipe de pesquisa científica que se dedica a oferecer novas soluções para lidar com as dificuldades urbanas e fornecer suporte tecnológico ao desenvolvimento de cidade inteligente em Macau, na GBA e no país como um todo.

Como uma empresa de serviço público responsável pelo fornecimento de energia, gestão da iluminação pública e prestação do serviço de estações de carregamento públicas de veículos eléctricos, a CEM tem apoiado activamente as políticas do Governo da RAE de Macau e optimizado as instalações de infraestruturas de energia para prestar serviços inteligentes e modernos de fornecimento de energia. A CEM instalou a primeira estação de carregamento pública de veículos eléctricos no Parque Automóvel Pak Lane em 2010. O sistema de iluminação pública inteligente foi instalado e testado em 2019, marcando o primeiro passo para aprofundar a construção do sistema de iluminação pública inteligente e acelerar o desenvolvimento de cidade inteligente.

Na cerimónia, o Professor Yonghua Song disse que a UM tem vindo a participar activamente na construção de uma cidade inteligente em Macau e foi aprovada pelo Ministério de Ciência e Tecnologia da China para instalar o primeiro Laboratório Nacional de Internet das Coisas para Cidade Inteligente em Julho de 2018. O posicionamento do Laboratório é abordar os principais problemas de ciência e tecnologia numa cidade inteligente e apresentar teorias, algoritmos e sistemas fundamentais e gerais. Desde a sua criação, o Laboratório começou por trabalhar em cinco áreas principais, incluindo sensor inteligente e rede de comunicação, dados em grande escala e tecnologia urbana, energia inteligente, transporte inteligente, segurança pública urbana e prevenção de desastres. A investigação sobre a aplicação de iluminação pública inteligente em Macau será um ponto de partida muito bom para a UM e a CEM realizarem conjuntamente uma série de pesquisas prospectivas em cooperação, bem como transformação e aplicação de novas realizações e tecnologias, conduzindo todo o processo e cooperando a vários níveis no cultivo de talentos em vários campos.

Bernie Leong disse que o uso de iluminação pública inteligente para recolher informação ambiental é uma parte importante do desenvolvimento de cidade inteligente. Nesse sentido, a CEM realizou um trabalho preliminar do projecto piloto de iluminação pública inteligente em 2018 em linha com os requisitos do Governo da RAE de Macau e prosseguiu com a instalação e teste na UM, Avenida da Amizade e Rua D. Belchior Carneiro em 2019. Entretanto, a CEM continuou a cooperar com o Governo da RAE de Macau para promover a política de transporte verde. Após a conversão de alguns dispositivos de carregamento de velocidade-média em dispositivos de carregamento rápido no ano passado, um total de 30 espaços de estacionamento para carregamento de VE serão adicionados a sete parques automóveis públicos e duas ruas no segundo trimestre deste ano. Cerca de 80% dos parques automóveis públicos estão equipados com estações de carregamento de VE, disponibilizando 200 lugares de estacionamento para veículos eléctricos na proporção 1:3. Bernie Leong agradeceu à UM por esta oportunidade de cooperação. O “Acordo de Cooperação Estratégica” assinado entre os dois lados é de grande importância para a realização do objectivo da CEM de construção de um fornecimento de energia de cidade inteligente.

Após a cerimónia, a Professora Ningyi Dai, Professora Associada do Laboratório Nacional de Internet das Coisas para Cidade Inteligente da UM e Directora Assistente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UM; e Kevin Lei, Gestor de Estratégia e Política da Rede da Direcção de Transporte e Distribuição da CEM, fizeram apresentações, respectivamente, sobre a construção e o desenvolvimento de uma cidade inteligente em Macau. A Professora Ningyi Dai apresentou os recentes programas de pesquisa e planos de desenvolvimento do Laboratório, declarando que o Laboratório não poupará esforços no trabalho com o Governo da RAE de Macau para construir uma cidade inteligente, nutrindo talentos de alto nível e aplicando tecnologias inovadoras para servir a comunidade. A iluminação pública inteligente e a implantação de tecnologias 5G são os principais componentes do desenvolvimento da infraestrutura de cidade inteligente. Combinando aplicações de engenharia com estudos teóricos, este projecto de iluminação pública inteligente em Macau explorará a solução de desenvolvimento de iluminação pública mais adequada para Macau. Além disso, durante o desenvolvimento do projecto, uma competição de inovação de iluminação pública inteligente para estudantes será realizada pelo Laboratório em parceria com a Plataforma de Macau para a Educação STEM do Ensino Primário e Secundário e o Centro de Promoção de Ciência e Tecnologia da UM, servindo para promover a iluminação pública inteligente e apresentar os seus detalhes científicos aos estudantes de Macau e incentivá-los a participar da construção da cidade inteligente.

Kevin Lei partilhou sobre a actualização do projecto piloto de iluminação pública inteligente em Macau. Ele referiu que, após o lançamento do trabalho preliminar do projecto piloto em 2018, a CEM definiu as funções essenciais de iluminação pública inteligente, após consulta aos potenciais utilizadores. O teste de 18 meses dos nove postes de iluminação pública inteligente, situados em três locais, nomeadamente na UM, na Avenida da Amizade, e na Rua D. Belchior Carneiro, terminará em breve. Tendo em vista que a tecnologia, operação, regulamentação, e eficácia dos postes de iluminação pública inteligente em Macau ainda não foram clarificados, é necessário combinar a experiência acumulada no projecto piloto para efectuar uma análise detalhada dos aspectos relevantes como base para uma maior aplicação e promoção em Macau.

No final da cerimónia, todos os participantes fizeram uma visita ao local onde está instalada iluminação pública inteligente na UM, sendo-lhes feita uma apresentação por profissionais das suas funções e operações.

Previous
Next
Baixe o APP CEM
google pay app store
© 2022 Companhia de Electricidade de Macau – CEM, S.A. Todos os direitos reservados.
Termos de Utilização do Website da CEM | Declaração de Recolha de Dados Pessoais