Back

Empregados da CEM a instalar barreira anti-inundação num Posto de Transformação
 

A CEM realiza simulacro interno de tufão

Macau, 21 de Maio de 2020

A Companhia de Electricidade de Macau - CEM, S.A. (CEM) realizou recentemente um simulacro interno de tufão para permitir que empregados de vários departamentos simulem procedimentos operacionais referentes aos planos de emergência de tufão, testem a coordenação e a acção conjunta entre os departamentos para garantir uma operação eficaz, bem como o fornecimento de energia de Macau sob fortes tufões e tempestades.

O simulacro testou exaustivamente várias medidas e procedimentos implementados pela CEM em resposta a tufões e tempestades em diferentes níveis, reviu também a praticabilidade e operacionalidade dos planos, de modo a tornar a implementação e os processos mais suaves, além de aperfeiçoar os planos definidos, para assim garantir uma preparação adequada para reduzir o impacto de tufões e tempestades no fornecimento de energia em Macau. O simulacro simulou várias condições climatéricas extremas e situações de emergência, testou essencialmente a instalação de barreiras anti-inundações em postos de transformação em zonas baixas, a implementação de medidas de suspensão do fornecimento de energia, reparações de emergência  e o restabelecimento da energia em diferentes zonas após o recuo das águas, simulação da publicação de mensagens sobre a situação do fornecimento de energia em várias plataformas sociais e outros canais, bem como o mecanismo de comunicação entre a CEM e o Centro de Operações de Protecção Civil. Estiveram envolvidos no simulacro cerca de 100 colaboradores. Todo o processo decorreu dentro da normalidade e os resultados esperados foram alcançados.

Os cidadãos devem ter em atenção que fortes inundações podem ocorrer em zonas baixas quando estiver içado o sinal de tempestade durante o tufão. De modo a garantir a segurança pessoal dos cidadãos, bem como evitar danos nas instalações eléctricas e acelerar o restabelecimento da energia após o recuo das águas, a CEM deve tomar a iniciativa de suspender o fornecimento de energia em algumas das zonas baixas, com base na situação das inundações.

Durante a implementação da suspensão do fornecimento de energia, a CEM notificará os cidadãos com os cinco níveis seguintes. 1) Pré-aviso: de acordo com o alerta de storm surge emitido pelo SMG, a CEM emitirá um pré-aviso de possíveis zonas baixas a implementar a suspensão do fornecimento de energia; 2) Aviso: de acordo com o nível da água, a CEM emitirá um aviso sobre as zonas onde a energia será suspensa por um curto período de tempo; 3) Fornecimento de energia suspenso: após a implementação, a CEM emitirá a respectiva notificação; 4) Início do restabelecimento da energia: após o recuo das águas, a CEM enviará imediatamente os seus piquetes de emergência para restabelecer o fornecimento de energia aos clientes afectados; 5) Restabelecimento completo do fornecimento de energia: esta notificação será emitida após a conclusão da inspecção e reparação.  

Os cidadãos podem anexar as facturas de electricidade ou as contas de e-Serviços no WeChat da CEM ou optar por usar o serviço de Subscrição de Edifício para receber mensagens sobre o fornecimento de energia. Durante a ocorrência de tufões, os cidadãos devem prestar atenção às últimas actualizações publicadas no website da CEM (www.cem-macau.com), na página de Facebook e no WeChat, bem como às notícias divulgadas pelo Governo da RAE de Macau.

Previous
Next
Baixe o APP CEM
google pay app store
© 2022 Companhia de Electricidade de Macau – CEM, S.A. Todos os direitos reservados.
Termos de Utilização do Website da CEM | Declaração de Recolha de Dados Pessoais