Back

A CEM realiza seminário para o sector da engenharia electromecânica para reforçar comunicação

Macau, 1 de Abril de 2019

Por forma a reforçar a comunicação e relação com o sector da engenharia electromecânica, bem como melhorar a qualidade do serviço ao cliente e a eficiência do trabalho, a CEM tem vindo a organizar anualmente, desde 2014, seminários para o sector da enegenharia electromecânica. A CEM convidou recentemente a Associação de Construtores Civis e Empresas de Fomento Predial de Macau, a Associação dos Profissionais de Electromecânica de Macau e a Associação de Engenharia e Construção de Macau para participar num seminário no Edifício CEM para apresentar “Medidas para optimização de instalações eléctricas de clientes em áreas baixas” e “Revisão dos padrões de fornecimento de energia”.

De entre os representantes das associações presentes no Seminário estavam Lau Veng Seng, Presidente da Assembleia Geral da Associação de Construtores Civis e Empresas de Fomento Predial de Macau, e Ho Weng Pio e Kuan Veng, Vice-Presidentes do Conselho de Administração; Cheang Io Tung, Director da Associação dos Profissionais de Electromecânica de Macau, e Lei Sai Chun e Tai Meng Hong, Vice-Directores; Danny Lei, Vice-Presidente do Conselho da Associação de Engenharia e Construção de Macau, e Andy Tam, Membro Permanente. Estes foram calorosamente recebidos por Iun Iok Meng, Assessor da Comissão Executiva da CEM; Jane Leong, Directora da Direcção de Clientes da CEM; Billy Chan, Director da Direcção de Transporte e Distribuição da CEM; e Cecilia Nip, Directora do Gabinete para os Assuntos Regulatórios e Comunicação Empresarial da CEM.

Durante o Seminário, Freddie Tang, Engenheiro Sénior da Divisão de Gestão de Serviços Técnicos da Direcção de Clientes da CEM apresentou “Medidas para optimização de instalações eléctricas de clientes em áreas baixas”. Nos últimos anos, frequentes tufões e inundações provocaram sérios estragos em instalações de energia localizadas em áreas baixas. Para além da introdução de uma série de medidas para reforçar a resiliência da rede eléctrica a inundações, a CEM também recomenda que os clientes que residem em áreas baixas tomem as medidas necessárias para garantir a segurança das instalações de energia após inundações. De entre as medidas incluem-se a instalação de barreiras contra inundações, o fortalecimento de coberturas de cablagem, instalação de sistemas de alarme de inundações, instalação de bombas, elevação de instalações eléctricas de clientes, etc. Freddie Tang falou sobre a localização apropriada, bem como os requisitos técnicos e procedimentos respectivos para a elevação das instalações eléctricas dos clientes. A CEM providenciará apoio técnico e fornecimento de energia temporário a estes projectos.

James Kuong, Engenheiro da Divisão de Postos de Transformação e Ligação de Energia Eléctrica da Direcção de Transporte e Distribuição da CEM explicou a “Revisão dos padrões de fornecimento de energia”. Devido à mudança nos padrões de consumo de energia, exigência da população em termos de fornecimento de energia, electrificação das habitações e popularização de termoacumuladores eléctricos instantâneos, a CEM procedeu à revisão dos padrões do fornecimento de energia em 2018. Os padrões revistos vão de encontro às necessidades de utilização diárias e actividades de negócio. Isso permite reduzir a necessidade de alterar as instalações eléctricas nas àreas comuns dos edifícios, bem como melhorar o planeamento geral do fornecimento de energia. Os novos padrões fortalecem a resistência a desastres das instalações dos clientes. Salas de transformadores, quadros gerais e contadores deverão ser instalados acima do nível de inundação definido pelo Governo. Além disso, para cumprir com a Política de Mobilidade Verde do Governo, é necessário que os espaços de estacionamento em novos edifícios estejam equipados com instalações de carregamento de veículos eléctricos, incluindo caixas de distribuição específicas, cablagem própria e tomadas, por forma a atender às necessidades dos utilizadores de veículos eléctricos no futuro.

Durante a sessão de perguntas e respostas, os participantes colocaram questões sobre as especificações da porta à prova de fogo da sala de transformadores, sequência de colocação de cabos eléctricos, instalação de equipamentos de carregamento de veículos eléctricos em parques de estacionamento privados.

A CEM espera promover o desenvolvimento em geral da indústria através de um diálogo constante e continuará a comunicar com o sector por forma a corresponder às suas solicitações, em sintonia com as políticas do Governo, para assim prestar melhores serviços ao cliente em Macau.

Previous
Next
Faça download à App da CEM
google pay app store
© 2023 Companhia de Electricidade de Macau – CEM, S.A. Todos os direitos reservados.
Termos de Utilização do Website da CEM | Declaração de Recolha de Dados Pessoais