Back

Associação de Engenheiros de Macau

A CEM apresenta revisão de especificações técnicas para grupos profissionais

Macau, 31 de Outubro de 2018

Com o rápido desenvolvimento do modo de vida inteligente, um número crescente de cidadãos e comerciantes instalou uma variedade de equipamentos automáticos, como termoacumulador eléctrico instantâneo e fogão por indução, nas suas residências e estabelecimentos comerciais, fazendo com que o consumo de energia atinja novos patamares a cada ano. Nos últimos cinco anos, a CEM recebeu uma média de até 4.000 pedidos por ano para aumento da potência contratada. Para fazer face à crescente procura de energia, a CEM reviu as especificações técnicas das actuais instalações eléctricas, no intuíto de prestar um serviço de fornecimento de energia seguro e mais estável aos cidadãos.

A fim de estabelecer os melhores padrões de configuração energética para diferentes edifícios, a CEM contratou um consultor independente para realizar um estudo, com o objectivo de obter informações precisas por meio de métodos de pesquisa, como medição do consumo de energia eléctrica, investigação de campo e questionário, e mapear as configurações básicas e a tecnologia de instalações eléctricas para melhorar a potência contratada dos edifícios. A CEM reviu, assim, as respectivas especificações técnicas.

Além de reduzir a necessidade da modificação de instalações eléctricas em áreas comuns dos edifícios, devido à determinação de energia insuficiente, a nova revisão das especificações técnicas também considera o fortalecimento da capacidade anti-desastre nas instalações dos clientes. Os novos edifícios nas zonas baixas da cidade devem atender aos novos requisitos revistos, e as suas instalações eléctricas, como salas de transformadores, quadros gerais e caixas de contadores, devem ser instaladas acima do nível de altura de protecção contra inundações definido pelo Governo, para reduzir os riscos de danos do equipamento eléctrico causados por inundações.

Além disso, em linha com a política de transporte ecológico do Governo da RAE de Macau, os lugares de estacionamento no interior dos novos edifícios devem estar equipados com instalações de carregamento de veículos eléctricos (VE), incluindo caixas especiais de distribuição, tabuleiros de cabos, cabos e tomadas, por forma a ir de encontro à futura procura de utilização de VE.

De modo a permitir que a indústria compreenda as especificações técnicas recentemente revistas, a CEM organizou seminários para a Associação de Engenheiros de Macau, a Associação de Engenheiros Eléctricos e Mecânicos de Macau (AEEMM), a Associação de Profissionais de Electromecânica de Macau, a Associação de Construtores Civis e Empresas de Fomento Predial de Macau, e a Associação de Engenharia e Construção de Macau. Durante os seminários, Billy Chan, Director da Direcção de Transporte e Distribuição da CEM, apresentou os antecedentes das especificações técnicas agora revistas enquanto que os engenheiros James Kuong e Richard Lei deram explicações detalhadas sobre a actualização da configuração eléctrica dos edifícios, de como fortalecer a capacidade anti-desastre do equipamento de fornecimento de energia eléctrica para os clientes, instalações de carregamento de veículos eléctricos, e o plano de implementação das novas especificações.

Os cinco seminários atraíram a participação de cerca de 200 engenheiros e profissionais, contribuindo para aprofundar o entendimento do sector sobre as especificações técnicas revistas e seus requisitos. Os participantes receberam bem as revisões efectuadas e colocaram várias questões sobre aspectos técnicos.

Previous
Next
Baixe o APP CEM
google pay app store
© 2022 Companhia de Electricidade de Macau – CEM, S.A. Todos os direitos reservados.
Termos de Utilização do Website da CEM | Declaração de Recolha de Dados Pessoais