Back

A CEM e o Instituto de Habitação conjuntamente prestam manutenção gratuíta de instalações eléctricas residenciais a séniores que vivem sozinhos

Macau, 18 de Janeiro de 2017

Com a proximidade do Ano Novo Chinês, a CEM associou-se ao Instituto de Habitação para providenciar inspecções e manutenções gratuítas às instalações eléctricas residenciais de 22 idosos que vivem sozinhos no Edifício D. Julieta Nobre de Carvalho, de modo a tornar mais segura a forma como utilizam a energia, e também para as saudar antes da chegada do Ano Novo Chinês.

A CEM iniciou o seu “Programa da Comunidade” em 2000, tornando-se uma das primeiras companhias em Macau a criar um programa deste género. Desde então, todos os anos a CEM colabora com diferentes instituições locais no âmbito do Programa, e envia a sua equipa de electricistas voluntários para fazerem inspecções e manutenções gratuítas de instalações eléctricas residenciais pertencentes a cidadãos sénior que vivem sozinhos, a famílias carenciadas e também a pessoas com necessidades especiais.

A CEM tem a noção de que as instalações eléctricas em casa dos séniores sozinhos frequentemente são alvo de problemas devido a fraca manutenção, afectando assim a sua utilização quotidiana e aumentando mesmo potenciais riscos. Cecilia Nip, Directora do Gabinete para os Assuntos Regulatórios e Comunicação Empresarial, alertou para o facto de o número de pessoas idosas que vivem sozinhas ou com os cônjuges estar a aumentar, sendo que alguns deles são pessoas de parcos rendimentos que vivem em ambientes menos desejáveis. Para estas pessoas, a utilização segura da electricidade e uma instalação eléctrica adequada é particularmente importante.

Todos os idosos foram referenciados pelo Instituto de Habitação. A CEM e o Instituto de Habitação organizaram a visita de electricistas para verificar e fazer a manutenção das instalações eléctricas das suas casas. Chou Chu Tai, um idoso de 86 anos, agradeceu aos voluntários da CEM e do Instituto de Habitação por terem ajudado a verificar e reparar as instalações eléctricas, até porque estava já bastante preocupado com a possibilidade de um acidente provocado pelos cabos velhos, mas agora sente-se mais seguro.

Um dos electricistas voluntários da CEM, Cheang Kai Chio, que participou na iniciativa, recordou que os clientes residenciais séniores enfrentam potenciais riscos ao usar a electricidade, nomeadamente devido a falhas das instalações, sobrecarga de tomadas múltiplas, falta de fusíveis corta-corrente, e fuga de corrente devido a má utilização dos aparelhos eléctricos. O Programa é de grande significância, dando-nos a oportunidade de ajudarmos os mais idosos na manutenção das suas instalações eléctricas, bem como promover uma utilização segura da electricidade, sublinhou Cheang.

Para além da participação de empregados do Insituto de Habitação e da CEM na prestação de inspecções e manutenção de instalações eléctricas, representantes do Instituto de Habitação e da CEM aproveitaram também para fazer uma visita a pessoas idosas que vivem sozinhas, estendendo as saudações e resoluções para o Ano Novo Chinês que se aproxima.

Este ano a CEM vai continuar a colaborar com associações locais no sentido de concretizar o “Programa da Comunidade”, cumprindo com a sua responsabilidade social no cuidado das comunidades, e a proporcionar um fornecimento de energia fiável e serviços de elevada qualidade aos clientes, apoiando desta forma o desenvolvimento sustentável de Macau.

Previous
Next
Baixe o APP CEM
google pay app store
© 2022 Companhia de Electricidade de Macau – CEM, S.A. Todos os direitos reservados.
Termos de Utilização do Website da CEM | Declaração de Recolha de Dados Pessoais