Back

Assembleia Geral Anual da CEM

Macau, 31 de Março de 2016

A Assembleia Geral Anual da Companhia de Electricidade de Macau - CEM, S.A. (CEM) teve lugar hoje no Edifício CEM. O Relatório Anual de 2015 foi aprovado durante a Assembleia Geral. Em 2015, o consumo de energia aumentou 6,2% tendo-se atingido um novo recorde de 4966 GWh, e o pico da procura também aumentou em 4,4% para 883 MW. O desempenho operacional da CEM foi bastante satisfatório, com os lucros líquidos a atingirem 662 milhões de patacas, um aumento de 8,8% em comparação com 2014.

Os preços do combustível diminuíram em finais de 2015, permitindo que o custo de produção de energia da Central Térmica de Coloane A fosse mais competitivo do que a energia importada do Continente. Em 2015, a energia produzida localmente aumentou significativamente para 753GWh, um aumento de 73% em comparação com 2014, contabilizando 15,2% do consumo bruto de energia. Por outro lado, 4054 GWh de energia eléctrica foram importados do Continente para Macau em 2015, uma diminuição de 1,1% e a primeira vez que foi registado um decréscimo. Mesmo assim, contribuiu para 81,6% do consumo de energia eléctrica de Macau.

Em 2015, mais de 958 milhões de patacas foram investidos para melhorar e desenvolver as infraestruturas. O montante do investimento foi 45% superior aos lucros anuais. Do total do investimento, cerca de 78% foi aplicado no desenvolvimento e manutenção da rede de transporte e distribuição, enquanto que 13% destinou-se a projectos de produção. Múltiplas novas subestações foram construídas e entraram em funcionamento no ano passado, incluindo a Subestação Primária localizada na zona de parqueamento do Sistema do Metro Ligeiro no Cotai, a Subestação Primária da Ilha Verde, e as Subestações de Seccionamento para o Wynn Macau e o The Parisian.

Vários projectos de infraestruturas de transporte e distribuição irão ser iniciados no decorrer de 2016, incluindo o projecto do novo Edifício do Centro de Despacho e três novas subestações de alta tensão com um investimento total de cerca de 500 milhões de patacas no Centro Hospitalar das Ilhas, no Hospital Conde S. Januário, e na ilha artificial da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau.

Para além disso, a CEM está empenhada em manter as tarifas estáveis. Com o apoio do Governo da RAE de Macau, a CEM oferece descontos na Cláusula de Ajustamento da Tarifa de 12% a 18% a todos os clientes do Grupo Tarifário A. O total do subsídio atingiu 155 milhões de patacas. O Grupo Tarifário A é essencialmente composto por clientes residenciais bem como pequenas e médias empresas, que representam 99% do total dos clientes.

A Assembleia Geral designou também os seguintes membros para o Conselho Fiscal:

Presidente: Região Administrativa Especial de Macau, representada por Paulo Tse

Membros: Sino-French Energy Development Company Limited, representada por Wong Su Cheong

Energia Ásia Consultoria, Limitada representada por José da Guia Rodrigues dos Santos

Membro suplente: Cheong Sio Tong

Previous
Next
Baixe o APP CEM
google pay app store
© 2022 Companhia de Electricidade de Macau – CEM, S.A. Todos os direitos reservados.
Termos de Utilização do Website da CEM | Declaração de Recolha de Dados Pessoais