Back

Assembleia Geral Anual da CEM

Macau, 30 de Março de 2015

A Assembleia Geral Anual da Companhia de Electricidade de Macau - CEM, S.A. (CEM) realizou-se hoje no Edifício CEM. A Assembleia Geral Anual aprovou o Relatório Anual de 2014. Em 2014, o consumo total bruto atingiu 4677 GWh, representando um aumento de 6% em relação a 2013. O pico da procura foi de 845 MW. O lucro líquido em 2014 totalizou 608 milhões de patacas.

Não obstante ter-se assistido a uma procura sempre crescente, a CEM manteve um excelente nível de serviço e superou mesmo os objectivos contratuais, em todos os indicadores-chave de desempenho. A fiabilidade do fornecimento de energia eléctrica, com base na responsabilidade da CEM, foi de 99,9997%, valor superior ao do ano passado.

Apesar da queda no preço do petróleo no final do ano passado, o preço manteve-se relativamente elevado durante todo o ano de 2014, com o preço médio a registar um aumento de 3,6% relativamente ao valor verificado em 2013. O preço da energia eléctrica importada subiu cerca de 1,6% devido à valorização do RMB. O fornecimento de gás natural foi retomado durante um curto período devido à ocorrência de testes a um poço de gás, e não foi entretanto oficialmente reposto.

Com o apoio contínuo do Governo da RAE de Macau, o investimento de capaital da CEM em 2014 foi de 743 milhões de patacas, dos quais 539 milhões foram investidos na melhoria e expansão da rede de transporte e distribuição. Em linha com o objectivo do Governo da RAE de Macau de desactivar a Central Térmica de Macau, a CEM vai continuar a negociar com o Governo para substituir algumas unidades de geração a Diesel, antigas e ineficientes, por um conjunto de geradores de Turbina a Gás de Ciclo Combinado, mais ecológicos e eficientes, para manter a capacidade de geração de energia local, e desta forma assegurar um fornecimento de energia seguro e estável.

Com a aprovação do Governo da RAE de Macau, a CEM continuou a manter tarifas estáveis e a oferecer descontos na TCA entre os 18 e os 22% para todos os clientes do Grupo Tarifário A, que representam 99% dos nossos clientes, tratando-se sobretudo de clientes residenciais e também pequenas e médias empresas. O total de subsídio atribuído totalizou 142 milhões de patacas em 2014. Esta iniciativa vem realçar o compromisso da CEM em prestar aos cidadãos serviços de excelente qualidade e contribuir para o crescimento económico da cidade.

A Assembleia Geral voltou a nomear os seguintes membros para o Conselho Fiscal:

Presidente: Região Administrativa Especial de Macau (representada por Paulo Tse)

Membros: Sino-French Energy Development Company Limited (representada por Wong Su Cheong)

EDP Ásia - Investimento e Consultadoria, Limitada (representada por José da Guia Rodrigues dos Santos)

Membro suplente: Cheong Sio Tong

Previous
Next
Baixe o APP CEM
google pay app store
© 2022 Companhia de Electricidade de Macau – CEM, S.A. Todos os direitos reservados.
Termos de Utilização do Website da CEM | Declaração de Recolha de Dados Pessoais