Back

Associação de Para-olímpicos de Macau colabora com a CEM no Programa de Estágios pelo quinto ano consecutivo

Macau, 7 de Outubro de 2014

A CEM e a Associação de Para-olímpicos de Macau (MSO) juntam-se pelo quinto ano consecutivo para organizar o programa de estágios ‘Estrelas em Potência da CEM’. O programa tem uma duração de 10 semanas, e durante esse período um total de seis estagiários vão trabalhar em vários departamentos na CEM: na Direcção de Operação e Manutenção da Rede, na Direcção de Despacho da Rede de Energia Eléctrica, na Direcção de Aprovisionamento e Logística, na Direcção de Recursos Humanos, na Direcção de Sistemas de Informação e no Gabinete de Comunicação e Relações Públicas. A CEM e a MSO esperam assim incentivar a autoconfiança e a adaptabilidade dos deficientes mentais, proporcionando-lhes oportunidades de trabalho e formação.

A cerimónia de lançamento do programa de estágio teve lugar no Edifício CEM às 15h30 de hoje. De entre os convidados de honra incluíam-se Lin Danhong, representante do Departamento de Acção Social do Gabinete de Ligação do Governo Central Popular na RAE de Macau, Angela Leong, Leong Veng Chai e Vong Kit Cheng, deputados da Assembleia Legislativa da RAE de Macau, Lau Wai Meng, Vice-director da Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais, Lok Lai Wun, representante do Instituto de Acção Social, Leonardo, representante da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, Vong Kok Seng e Lei Chi Fong, respectivamente Presidente e Vice-Presidente da Comissão de Ligação CEM-Clientes, membros da Comissão dos Assuntos de Reabilitação, Ada Lo, Presidente da MSO, bem como Hetzer Siu Yu Hong, Director Nacional da MSO, Shi Yulin, Administrador Executivo da CEM, entre outros.

Dirigindo-se aos presentes, Shi Yulin disse que a CEM, enquanto organização empenhada na sua responsabilidade corporativa, deve assumir a responsabilidade social e comprometer-se a servir a população de Macau, para além de fornecer um serviço de qualidade aos residentes. Desde 2010 até hoje, já participaram neste programa um total de 33 estagiários. Shi Yulin disse ainda esperar que este programa sirva para encorajar mais instituições locais a proporcionar oportunidades de emprego a pessoas com necessidades especiais, e a ajudá-las a integrarem-se melhor na sociedade. O programa de estágio tem sido marcado por um notável resultado, dado que a CEM já recrutou dois excelentes estagiários para os seus quadros de empregados. Para acrescentar mais à ditosa e enorme conquista da CEM, o seu empregado Lei Man Hok venceu um prémio na eleição de ‘Os 10 melhores empregados com deficiência em Macau’, levado a cabo pela Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais e pelo Instituto de Acção Social da RAE de Macau este ano, o que demonstra que estes estagiários podem também ser competentes no mercado de trabalho, esforçando-se continuamente.

Ada Lo reconheceu que a chave do sucesso deste programa de estágios ao longo dos últimos quatro anos resulta do entusiasmo da CEM e do esforço continuado dos participantes. Por forma a colocar realmente os participantes em posições de estágio adequadas, foi acrescentada uma avaliação vocacional aos procedimentos de recrutamento. Serão terapeutas ocupacionais que vão avaliar os participantes, e que terão um melhor entendimento das suas capacidades antes mesmo da entrevista de emprego. Após a entrevista com os seus supervisores, os participantes serão colocados em diferentes postos de estágio. É opinião generalizada que os estagiários vão poder adquirir uma importante experiência nos postos oferecidos pela CEM, e estão bem qualificados para eles. Ada Lo agradeceu à CEM pela sua prolongada cooperação e pelo compromisso assumido em cumprir as suas responsabilidades sociais, acrescentando ainda que este importante programa de estágio para os deficientes mentais granjeará apoio do público e reconhecimento, e contribuirá para a criação de um local de trabalho ideal para todos.

Durante a cerimónia, estagiários e um grupo de convidados escolheram seis áreas para melhorar para uma futura carreira, incluindo técnicas de comunicação, paciência, concentração, iniciativa, entusiasmo no trabalho e sentido de responsabilidade, etc. A CEM espera que os seis estagiários se esforcem e atinjam os seus objectivos.

A CEM vem cooperando com a MSO desde 1996, e para além do programa de estágios ‘Estrelas em Potência’, a CEM tem também recrutado estagiários com deficiência intelectual designados pela MSO para o sector da limpeza de viaturas, a quem os colaboradores da divisão de frota automóvel elogiam a concentração e atenção ao detalhe.

Previous
Next
Baixe o APP CEM
google pay app store
© 2022 Companhia de Electricidade de Macau – CEM, S.A. Todos os direitos reservados.
Termos de Utilização do Website da CEM | Declaração de Recolha de Dados Pessoais