Back

A CEM continua a investir para acompanhar o desenvolvimento futuro de Macau

Macau, 21 de Janeiro de 2014

A CEM organizou um Almoço de Primavera no Hotel MGM Macau para os órgãos de comunicação social no dia 21 de Janeiro de 2014, para comemorar o Ano do Cavalo, convidando cerca de 120 executivos e repórteres dos órgãos de comunicação social de Macau. Estiveram também presentes neste almoço Kou Ming, Vice-director do Departamento Para os Assuntos Económicos do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAE de Macau e Arnaldo Santos, Coordenador do Gabinete Para o Desenvolvimento do Sector Energético. O Presidente da Comissão Executiva da CEM, Franklin Willemyns dirigiu-se aos presentes, agradecendo o apoio dos órgãos de comunicação social, e desejando que se mantenha a cooperação estreita destes com a CEM para ter uma melhor percepção da opinião pública.

Franklin Willemyns revelou que o consumo de energia em Macau cresceu 110% na década passada, com um crescimento reduzido no ano passado na ordem dos 1,5%. Em 2013, a CEM continuou a oferecer descontos na Cláusula de Ajustamento da Tarifa aos clientes do Grupo Tarifário A (o Grupo Tarifário A consiste em clientes residenciais e PME’s, que representam 99% do total dos clientes), numa média anual de 20%, tendo o subsídio totalizado 114 milhões de patacas.

O total do investimento de capital da CEM atingiu os 853 milhões de patacas em 2013, e desta rubrica, os projectos mais importantes de infraestruturas de fornecimento de energia eléctrica incluíram a ainda em construção nova subestação de alta tensão na Ilha Verde e duas subestações de 110kV para o metro ligeiro, no Cotai e na Taipa, e a conclusão da energização do novo campus da Universidade de Macau, na Ilha de Hengqin.

Em 2013, o desempenho da CEM em termos de fiabilidade do fornecimento de energia, satisfação do cliente e saúde e segurança ocupacionais foi encorajador, registando um Índice Médio de Disponibilidade do Serviço de 99,9996%, e um novo recorde de nível de satisfação do cliente de 87,9%. Entretanto, o número de acidentes de trabalho no ano corrente foi zero, e durante dois anos consecutivos não houve acidentes com absentismo. Todos os Principais Indicadores demonstraram que a CEM prosseguiu o seu excelente desempenho, e ultrapassou mesmo os seus objectivos definidos em contrato. A unidade e sentido de dever dos empregados da CEM contribuíram para atingir este marco histórico.

Ao longo do ano transacto, o governo da RAE de Macau atingiu um crescimento económico sustentável. É expectável que a cidade vai continuar a registar uma procura crescente de energia eléctrica em 2014. Novos projectos de grande envergadura, como o investimento de mais de 28 mil milhões de dólares americanos em mega casinos no Cotai, o metro ligeiro de superfície e projectos de habitação social, irão certamente contribuir para aumentar o consumo de energia em 4,7% e 9,9%, e o pico do consumo em 5,2% e 10,8%, nos próximos dois anos. Para o desenvolvimento futuro de Macau, os planos da CEM incluem a conclusão de duas subestações para o metro ligeiro, uma na Taipa e outra no Cotai, duas subestações para o metro ligeiro em Macau, uma subestação de 66kV na Ilha Verde, uma subestação subterrânea na parcela B em terreno reclamado, um novo Centro de Despacho, o terceiro circuito para a interligação Lótus para uma maior capacidade de importação, a introdução de tarifas progressivas, mais subestações na zona antiga de Macau, a avaliação da substituição das antigas unidades de geração por ciclo combinado a gás, entre outros.

Finalmente, e igualmente importante, Franklin Willemyns dirigiu o seu agradecimento ao governo da RAE de Macau, à população de Macau e aos órgãos de comunicação social pelo seu apoio. Em 2014, a CEM vai continuar a dedicar-se a proporcionar um fornecimento estável de energia e um serviço ao cliente de excelência, bem como a cumprir as suas obrigações sociais, contribuindo para o desenvolvimento social e económico de Macau.

Previous
Next
Baixe o APP CEM
google pay app store
© 2022 Companhia de Electricidade de Macau – CEM, S.A. Todos os direitos reservados.
Termos de Utilização do Website da CEM | Declaração de Recolha de Dados Pessoais